Vacina contra a Febre Amarela

A vacina que previne a Febre Amarela é produzida a partir dos vírus causadores da doença, mas que são atenuados (enfraquecidos) para que não causem a doença. Ela é indicada a partir dos 9 meses de idade para moradores ou pessoas que visitam áreas de risco. Após a aplicação são necessários 10 dias para que a vacina produza a proteção desejada.
 

Esquema de vacinação:

  • Crianças de 9 meses até 4 anos: administrar uma dose aos 9 meses e uma segunda dose de reforço aos 4 anos de idade.
  • Maiores de 5 anos de idade recebem uma dose e um reforço após 10 anos da primeira dose. São consideradas protegidas todas as pessoas, maiores de 5 anos, que já tenham recebido duas doses da vacina.
  • Na vacinação em maiores de 60 anos deve ser considerado o risco / benefício por parte do médico.
É recomendada a vacinação para:
  • moradores, viajantes ou pessoas que se desloquem para uma área em que haja casos da doença;
  • viajantes que se dirijam a algum país que exija um Certificado Internacional de Vacinação;

Observação: Ainda há várias regiões do Brasil em que existe risco de casos de Indivíduos transplantados, portadores e em tratamento para doenças neoplásicas (câncer), doenças autoimunes não devem tomar a vacina. Portadores de HIV podem fazer uso da vacina se houver liberação por parte do médico assistente.

Febre Amarela

A Febre Amarela é causada por um vírus e transmitida por um mosquito. Ela dura no máximo 12 dias, sendo que os primeiros sintomas podem aparecer entre 3 a 6 dias após a picada. São eles: febre alta, calafrios, fortes dores de cabeça, dores musculares, prostração, náuseas e vômitos. Estes sintomas duram em média 3 dias. Após este período, a febre tende a baixar e os outros sintomas vão se amenizando, o que pode durar algumas horas ou até 2 dias. Este é um momento crítico porque, a partir daí, a pessoa pode ficar curada ou desenvolver a forma grave da doença, que pode levar à morte.

Na forma grave, há um aumento da febre, diarreia, vômitos (com aspecto de borra de café); insuficiência hepática (do fígado) e renal; a pessoa fica amarelada; elimina pouca quantidade de urina e tem prostração intensa. Ela pode apresentar sangramento através da urina, fezes, vômitos, pelo nariz, boca e cérebro. Há também a possibilidade do doente ter confusão mental, não reconhecendo pessoas e lugares - esta situação pode evoluir para o coma.

Transmissor e forma de transmissão - há dois tipos de Febre Amarela:

  • Febre Amarela Urbana (FAU): é transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e seus hospedeiros são os homens (homem doente -> mosquito -> homem sadio)

  • Febre Amarela Silvestre (FAS): é transmitida por um mosquito silvestre diretamente para um macaco (macaco doente -> mosquito -> macaco sadio). Quando o homem entra em uma região de mata pode ser picado pelo mosquito que picou um macaco doente e, a partir daí, desenvolver a doença.

Período de transmissão - O sangue do doente pode transmitir a doença de 24 a 48 horas antes de aparecerem os primeiros sintomas e de 3 a 5 dias após seu início.

Atenção: O mosquito potencialmente transmissor da Febre Amarela Urbana (Aedes Aegypti) também transmite a Dengue. Por isso, é importante eliminarmos os criadouros. Assim podemos evitar 2 tipos de doença..