Vacina contra Hepatite A

A vacina da Hepatite A é indicada para prevenir a doença causada pelo vírus A da Hepatite e é produzida a partir de vírus mortos. Pessoas a partir de 1 ano de idade já podem tomá-la.

Ela está disponível nas versões pediátrica e adulto e a idade limite para o uso dessas apresentações pode variar de acordo com o fabricante. O esquema padrão de vacinação é de duas doses, com intervalo de 6 a 12 meses entre a 1ª e a 2ª dose.

Pelo calendário de vacinação infantil, está indicada uma primeira dose com 12 meses de idade e a segunda dose aos 18 meses.

Hepatite A

A Hepatite A é uma doença causada por um vírus. Os sintomas são parecidos com os da gripe, porém também ocorrem alterações no fígado e a pessoa fica com as mucosas amareladas (quanto mais velha, mais chances de ficar com uma aparência amarelada). Há casos em que o paciente não desenvolve sintoma nenhum; em outros, surgem poucos sintomas e são raras as vezes em que a pessoa falece.

Dividimos a doença da seguinte forma:

  • Incubação (do contágio até os primeiros sintomas) - Varia de 15 a 45 dias (média de 30 dias);

  • Fase inicial ou pré-amarelada (pré-ictérica) - Duração média de 7 dias. Surgem: mal-estar, dores de cabeça, febre baixa, falta de apetite, fraqueza, fadiga intensa, dor nas articulações, náuseas, vômitos, desconforto abdominal (na região abaixo das costelas do lado direito), aversão a alguns alimentos e à fumaça de cigarro;

  • Fase do amarelado (fase ictérica) - Dura de 4 a 6 semanas. De 2 a 3 dias antes, a urina fica escura. Pode ocorrer coceira, fezes claras, aumento do fígado e do baço. A febre, a dor nas articulações e a dor de cabeça vão desaparecendo.

  • Recuperação - Retorno da sensação de bem-estar. A cor amarelada vai desaparecendo e as fezes e a urina voltam à sua coloração normal.

Transmissor – Principalmente o ser humano. Também primatas, como chimpanzés e saguis.

Forma de transmissão - Através das fezes contaminadas da pessoa doente que contamina a pessoa sadia através da boca (fecal-oral); por água contaminada; alimentos contaminados; no contato direto com o doente ou através de objetos contaminados. A transmissão através de ferimentos na pele e por transfusão de sangue é rara.

Período de transmissão - De 2 semanas antes do início dos sintomas até o final da segunda semana de doença.
 
Complicações - O prolongamento da doença por vários meses, podendo chegar a até 1 ano, é muito raro. Através dos exames TGP e TGO (transaminases) é possível controlar se as enzimas do fígado estão em níveis muito elevados. A forma mais grave da Hepatite A (fulminante) apresenta letalidade de 40% a 80%. Nesses casos, ocorre a morte de várias células do fígado (necrose), e os primeiros sinais e sintomas são brandos e inespecíficos. A pessoa fica amarelada (com icterícia) e indisposta, sua urina escurece, a coagulação do sangue fica anormal, a insuficiência do fígado instala-se entre 10 e 30 dias e o paciente entra em coma em poucos dias.

Lembre-se: não se automedique. Sempre procure seu médico. Ele poderá indicar o melhor tratamento para que você recupere sua saúde.